quarta-feira, 7 de outubro de 2009

privilégio...


sinceramente, acho que as pessoas que vivem perto do mar, são umas privilegiadas...cada vez mais, tenho a certeza de que gostava de morar num lugar assim!

Também é um privilégio, ter uma profissão e vive-la com paixão, mas o privilégio foi meu pela oportunidade de assistir à apresentação do livro "A vida é um Minuto - O Poder da Imagem".
Privilégio meu, porque vi a Judite Sousa, jornalista, mulher, mãe, amiga. "Sorriu, riu, falou da sua vida, do bom e do mau, das suas angústias e das suas certezas. Frontal, sem rodeios ou esquemas de comunicação, mostrou, afinal, aquilo que mais gosta de elogiar: a alma humana". Quase duas horas de boa conversa, deliciei-me com cada palavra!

A Vida é um Minuto - O Poder da Imagem é o título da obra, apresentada na Sala Figueira do Casino da Figueira da Foz, e que a jornalista descreveu, no dia do seu lançamento como um acto de coragem: "Este livro é sobre o olhar que fixei em muitos olhares que presenciei, vivi e entrevistei. E, se na profundeza de cada olhar se alcança a alma de quem olhamos, então será sobre a alma humana nas suas diferentes dimensões. Por isso, este livro é, permitam-me, um acto de coragem. Um acto de liberdade e de independência, a expressão do que senti e do que vivi, com a consciência de que, neste tempo de incerteza, lhes deixo algumas convicções que são, afinal, quase as minhas certezas."
(Publicado na Caras)

Mais um livro para a minha colecção...desta vez, devidamente autografado!!!



8 comentários:

Monica disse...

Se eu tivesse uma casa na praia, acredita que ta emprestava para poderes recarregar as baterias.

Paula C. disse...

Também adoro o mar e talvez fosse por isso que me levou a ter uma casa tão perto dele. Este fim-de-semana demos alguns passeios pela praia, é tão bom, o mar transmite-me uma tranquilidade e bem-estar inexplicáveis.
Beijinhos
Paula

Sandra disse...

Olá Albana,

que FDS bom. Eu nunca assisti à apresentação de um livro :(

Deve ter sido muito bom esse evento e na Figueira da Foz, com aquele mar ... que saudades, é uma terra linda e que me diz muito.

Beijinho grande
Continuação de boa semana

Mónica disse...

Estou de acordo miga, deve ser mesmo um grande privilégio ter uma casa junto à praia. Até no inverno iria saber bem...receber a maresia da manhã seria maravilhoso, mas bem agasalhada hehe.

Beijokas serenas

PB disse...

Concordo. Tambem gostava de viver juntinho ao mar!
Beijinhos

cilinha disse...

Eu tambem gostava muito de ter uma casa na praia , deve de ser tao bom ,acordar de manha e ver logo o mar ... mas sao previlegios que não são para todos , eu contento-me com o monte , que tambem gosto muito...

beijinhos

AB disse...

Também eu adorava uma casa na praia. Depreferencia com um belo iate á porta para mergulhar no oceano sempre que me apetece-se. Ah... claro, e uma conta choruda num banco para dar asas á minha imaginação
Como vês cá estu eu de volta com os meus disparates.
Beijinho

cilinha disse...

passei para te desejar um

bom fim de semana ...

beijokinhas