quinta-feira, 23 de abril de 2009

à descoberta de novos escritores-no dia mundial do livro


Kitty Sewell, nasceu na Suécia e viveu em Espanha, no Canadá, em Inglaterra e no País de Gales. Após ter gerido uma agência imobiliária no Norte do Canadá, trabalhou como psicoterapeuta, e depois como escultora. Actualmente reparte o seu tempo entre País de Gales e Espanha onde possui uma plantação de fruta. Armadilha, o seu primeiro romance, ganhou o Prémio de Livro do Ano dos Leitores atribuído pela BBC do País de Gales.



"Dafydd Woodruff, que tenta desesperadamente conceber um filho com sua mulher, recebe uma carta:« Caro Sr.Woodruff, espero que não me leve a mal escrever-lhe. Creio que sou sua filha.» De súbito, um relativamente inocente passado apodera-se do seu presente e do da sua mulher. E apercebe-se de que não só tem uma filha, mas gémeos, um rapaz e uma rapariga. Quinze anos antes, Dafydd havia trabalhado numa remota região subárctica, e estes jovens eram filhos da enfermeira chefe do hospital em que ele trabalhara, mas com quem nunca mantivera intimidade, e em relação à qual sentia, até, alguma animosidade...
Para provar à mulher que não era pai daqueles jovens, Dafydd pede um teste de ADN. O resultado é positivo, o casamento periclita e Dafydd regressa ao Canadá para apurar a verdade. Depara-se-lhe uma realidade complexa e poderosa, à qual não pode deixar de dedicar toda a sua atenção."

Estou a gostar, e garanto, há mesmo uma armadilha!

3 comentários:

karoxinha disse...

tb me soa bem o resumo :)

bjinhos karinhosos
Karoxinha

Sandra disse...

Olá Albana! Bom dia!

Ler é tão bom ...

Parece-me bem interessante e misterioso esse romance ;0)

Beijinhos

danizitha disse...

tb gosto muito de ler :)