quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Natal da minha infância

Toda a euforia do Natal centrava-se em duas coisas: fazer o presépio e esperar que o Menino Jesus descesse pela chaminé na noite de Natal.
Nem sempre fazíamos a árvore de Natal, um ramo cortado de um pinheiro grande, era enfeitado com bolas, fitas coloridas, não havia luzes, mas havia algodão a imitar flocos de neve, mas o importante e que não podia faltar era o presépio.


Fazer o presépio era muito divertido,combinava-mos com os amigos, pegava-mos em caixas de cartão e íamos para o meio do mato à procura de musgo, e era ver quem arranjava o mais bonito...depois construíamos o presépio, a cabana era feita com paus, pedras e musgo, não faltava a aldeia onde passava o rio feito com prata dos chocolates, as ovelhas, o pastor, a fonte, a senhora com a bilha à cabeça, o anjo... e como ritual, na Sagrada Família, o Menino Jesus era o último a deitar-se nas palhinhas, os três reis também lá estavam e depois da noite de Natal, andavam milímetros todos os dias até chegarem ao Menino no dia dos Reis Magos.

Todas as noites dava beijinho no Menino Jesus na esperança de assim me portar bem
e receber uma prendinha...e foi assim... até aos 10 anos.

10 comentários:

Sandra disse...

Tempos mágicos esses que recordas!

A minha mãe também tinha o hábito de colocar algodão na árvore, que tal como a tua, era verdadeira.

Recordar é viver amiga!

Beijinhos grandes e um bom FDS prolongado!

cilinha disse...

Bons tempos esses... eu tambem ia ao monte buscar o meu pinheiro escolhia sempre o mais lindo que encontra-se ,e sabes que ja me deu uma vontade de ir cortar um .... só que tenho medo porque ainda vou presa ,estou perto do monte mas agora é perigoso ... mas era tao lindo .. eu cheguei a ir comprar neve artificial ,para por no pinheiro ... era tudo mais lindo que agora.

BJOCAS

AB disse...

Tirando aquela parte do beijinho ao menino Jesus os meus hábitos eram exactamente a mesma coisa.
Mas tinha uma magia diferente, não achas? Ou então eramos nós que eramos mais inocentes que as crianças de hoje.
Beijinho.

karoxinha disse...

lá em casa o mais importante também era o presepio... era enorme... tinha toda a aldeia... a ponte, a igreija, o moinho, montes de ovelhas...

que bom é recordar a infancia...

bjinhos karinhosos
karoxinha

cilinha disse...

Ola : TENHO UM MIMINHO PARA TI NO MEU BLOG ,QUANDO QUISERES PASSA POR LA... É TODO TEU ...
BEIJINHOS
BFS PROLONGADO

Sandra disse...

Olá Albana:

Passei para deixar votos de um EXCELENTE FDS junto das fofinhas e com muuuuuito mimo à mistura!!!

Beijinhos

Bill Stein Husenbar disse...

Esse será o Natal mas doce que poderemos ter.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Vieira Calado disse...

Mas isso acabou-se.
Agora temos esse comerciante de coca cola, que veio da América... um tal Pai Natal!

Bjs

AB disse...

Passei para te desejar um bom resto de semana.

Sandra disse...

OLá Albana:

Passei para deixar votos de uma boa mini-semana!

Beijinhos