quinta-feira, 2 de outubro de 2008

quando sabemos que está na hora de explicar



Presenciado por alguém que me contou e que eu passo a relatar porque achei imensa piada.

Num Centro de Saúde:
Um menino com quase 4 anos, daqueles que nós chamamos de tagarelas, que conversam com qualquer pessoa, sempre com curiosidade e sem nenhuma timidez, aproximou-se de uma senhora muito grávida, quase fim do tempo:

- Porquê tens a barriga grande?
- Porque tenho um bebé na barriga.
- Tens um bebé na barriga???
- Tenho
- E tu gostas de bebés?!
- Gosto, gosto muito.
- E porquê tu comeste o bebé?

Sorriso geral para quem ouviu, dedução lógica para um menino de 3 ou 4 anos, pois tudo o que ele come vai para a barriga!
E foi a mãe que respondeu:

- A senhora não comeu o bebé!
- Não?!
- Não, a mãe, em casa, mostra um livro e explica, tá?
E olhou para a senhora grávida e acrescentou:
- Ups, acho que chegou a altura de falar no ovo e na sementinha…

2 comentários:

karoxinha disse...

Olá

ora nem mais... está mesmo na altura de explicar a história da abelhinha LOL... os miudos deixam-nos em situações um pouco embaraçõsas :D

quanto ao post de baixo... hoje me dia ja quase nada me supreende... agora cabe aos pais, uma vez q as autoridades nao o fizeram "filtrar" esse jogo, nao o comprado é obvio... eu sei q ha uma certa altura q é dificil, mas eu vejo crianças da idade das bombons com jogos de pancada, tiros, sangue... lá em casa é que nem pensar... elas tem imensos jogos de aventura, tem de meninas tb... mas violentos nao deixo, nem deixo q tragam emprestado de algum amiguinho... há mto tempo para isso... o bom é q nao houvesse, né... enfim...

bjinhos karinhosos
karoxinha

o que me vier à real gana disse...

Fnatástico!
O blog tb! Parabéns.